O diferencial na hora de criar e acompanhar propostas de vendas

O diferencial na hora de criar e acompanhar propostas de vendas

Quando falamos de propostas de vendas temos que nos distanciar daquela tradicional imagem apenas de um orçamento enviado por email ou um contrato fechado numa sala de reunião.

Embora, esta seja a cena mais comum a qualquer time de vendas, criar propostas é muito mais do que apenas vender um serviço, mas é garantir aos clientes condições que sejam cruciais para o sucesso do seu negócio.

Certamente eles precisam sim da formalidade e da documentação necessária para selar um acordo, mas até ele assinar uma proposta, existe um longo caminho para ele escolher e confiar na sua empresa para fornecer a solução para ele.

Neste sentido, é preciso ter alguns cuidados na hora de construir maneiras convincentes de fazê-lo entender a necessidade que ele tem diante do seu mercado, e resgatar os possíveis problemas que empresas naquele contexto enfrentam. Usar o caminho de mergulhar na realidade do cliente é a melhor escolha na hora de criar proposta de vendas que façam mais sentido.

Primeiro de tudo: Entenda a realidade do cliente

Você não deveria ter um modelo padrão de propostas para mandar em massa para seus futuros clientes. Um dos elementos importantes de venda nos dias de hoje é a capacidade do cliente de enxergar que você preparou algo especialmente para a realidade dele. Isso é sim um dos valores que ele percebe nas suas propostas.

É claro que não precisamos ir muito longe para perceber que um processo de vendas envolve muitas complexidades, realidades e cenários diferentes. Por isso as tarefas de prospecção, precisa realmente ser um mergulho dentro da realidade presente no diária do mercado que quer atacar.

Se você conseguir, na sua proposta,  descrever detalhadamente como pretende contribuir ativamente e claramente fazê-lo enxergar a solução sendo aplicada com uma customização e personalização, dando preferência para as demonstrações de como poderá o ajudar nos processos, aproximando ele das métricas de vendas que baseia-se e nas tarefas que ele tem dificuldade, dificilmente ele conseguirá recusar.

Seja criativo: Use  detalhes a seu favor

Lembre-se de que elaborar uma proposta tem mais a ver com comunicar e registrar uma oferta de planos do que necessariamente documentar uma formalidade, por isso, um acordo fechado é mais do que um aceite diante de uma argumentação, mas é também um jeito de você encantar clientes.

Claramente durante o dia-dia, representantes não tem tanto tempo para gastar elaborando propostas detalhadíssimas, mas é obrigação dele, ao menos, colocar no papel quais podem ser os resultados que ele gerará, planos de ação e estratégias, bem como deixar claro que o valor percebido tem que ser bem maior que o preço do custo.

Para construir propostas que faça sentido para cliente, é preciso ser muito criativo na hora de contextualizar realidades, criar soluções ponderáveis com a realidade que ele se encontra e também enviar por canais e meios que tenham uma evidente maneira caprichosa de priorizar informações necessárias e importantes.

Não se esqueça que toda até mesmo graficamente, as informações precisa estar facilitada para compreensão. Faça questão de acompanhar propostas como um fluxo de documentos. Encontre maneiras empáticas de cobrar respostas.

Ser criativa sem perder a coerência faz com que a atividade de enviar propostas não seja apenas uma tarefa para um representante, mas que seja uma criação também com membros da equipe de marketing. Peça ajuda na hora de criar peças que sejam mais do que um documento no Word ou PDF anexado num e-mail.

Facilite a vida do cliente. Diminua etapa de aquisição

Você já deve ter desistido de preencher um formulário quando viu a quantidade de informações que precisava preencher, inclusive com algumas que você nem tinha em mãos na hora certo?

Agora, imagine você ter que fazer o download de um arquivo, revisá-lo com cuidado, imprimir, assinar fisicamente, anexá-lo em um email resposta para depois confirmar uma compra? Use de práticas que facilitem a jornada de compra de clientes. Entenda o contexto em que o cliente está para facilitar a sua adesão sem ter problemas no meio do ciclo de vendas.

Grande parte dos problemas de desistência de compra pode estar justamente na perda desse timming, ou por uma desconexão com uma nova realidade de criar e compartilhar documentos, por exemplo.

O que não pode acontecer são problemas relacionados com contratempos burocráticos. No caso de vendedores com jornadas de compras longas e complexas como um corretor de imóveis tentando vender um apartamento, por exemplo, é preciso ter uma proposta em que ele seja capaz de controlar as conversas com clientes, para que consiga evitar falhas de comunicação.

Controle as  propostas enviadas e acompanhe negócios

Ele tem que ter sempre nas mãos os dados sem que haja um riscos potencial de perder informações e oportunidade de propostas. O vendedor hoje precisa também ter maneiras mais rápidas de enviar, controlar e fechar uma proposta.

Ter uma ferramenta que permite criar, enviar, controlar, acompanhar e fechar negócios em uma plataforma ajudará muito tanto clientes como também vendedores a manter o controle dos seus negócios, propostas enviadas e como estão seus andamentos.

Faça um teste no Moskit CRM e conquiste mais controle diante do andamento dos seus negócios e tenha a possibilidade de acompanhar melhor como estão seus resultados de vendas e quais detalhes realmente precisam ser melhorados para converter mais vendas.