Como organizar seu próprio evento de networking

Como organizar seu próprio evento de networking

Eu sei que você se preocupa com networking e as possibilidades de contato podem ser alavancados por eventos assim.

Mas antes de tudo, precisamos entender o que existe de errado com a maioria destes eventos.

O grande problema dos eventos de networking é que eles dificilmente são eficientes na hora de facilitar novos contatos. Um estudo da Columbia Business School demonstrou que na maioria dos eventos de networking as pessoas tendem a conectar-se com pares que já conheciam anteriormente, não formando alianças novas.

Os pesquisadores organizaram um evento e convidaram 100 executivos, empreendedores e banqueiros. Um questionário anterior ao evento foi utilizado para entender quem os executivos já conheciam antes e sua disposição para conhecer pessoas novas.

Em média os executivos conheciam um terço dos convidados e 95% expressou o desejo de conhecer novas pessoas. No entanto, ao analisar os dados, os pesquisadores encontraram que mesmo querendo ampliar sua rede de contatos, os participantes passaram mais da metade do tempo conversando com pessoas que eles já conheciam.

Uma das conclusões do estudo é que, se até grandes executivos com intenção verdadeira de conhecer novas pessoas falham em seu objetivo, a força para sair da zona de conforto precisa ser muito maior.

Essa é a principal ideia que devemos ter em mente quando pensamos em construir nosso próprio evento de Networking: Eventos normalmente não trazem resultados sólidos, acabamos conversando com as mesmas pessoas de sempre e extrair algum valor acaba sendo muito difícil.

A saída para este problema? Fazer do seu jeito.

Escolha o motivo do evento

Um evento de Networking precisa ter um motivo central, um tema que fará todas as conexões e conversas fazerem sentido. Pode ser algo mais amplo como: Vendas, ou uma estratégia mais detalhista como "Vendas para o setor educacional"

O motivo do evento será o guia para todas as outras decisões importantes como ações possíveis que podem enriquecer o evento e o perfil dos convidados que estarão presentes.

Escolhendo convidados para seu evento

A parte mais importante de um evento de networking é que as pessoas presentes tenham algum tipo de valor para oferecer entre si. Não precisam diretamente pertencer a mesma industria ou possuir negócios em similares, mas ter habilidades de mercado que possam colaborar com o objetivos dos presentes.

É claro que nem todo mundo precisa ter essas características, mas um bom percentual precisa transferir este valor para o evento. É isso que o torna atraente.

Pense com antecedência como essas pessoas podem se conectar, ao mesmo tempo que transferem valor para o seu negócio. Afinal, o networking também é para você.

Dê preferência para executivos e profissionais envolvidos diretamente no motivo do evento, eles adicionam autoridade e relevância para o conteúdo.

Convide pessoas que não tenham relação direta com o assunto principal, mas ainda tenham alguma ligação com o tema. No exemplo de um evento de vendas para o mercado educacional, um bom gestor de vendas focado em outro mercado ainda pode adicionar muito valor às conversas.

Além dessas figuras chave que trarão as conexões importantes para o evento, convide pessoas que são o público alvo de quem vai ao evento, perfis que são oportunidades de negócio, mas que também podem usar seu evento para entender como o mercado está olhando para o futuro.

Ainda na ideia de um vendas para o mercado educacional, convide diretores, proprietários e gestores que estão atuando na temática do evento e são potenciais fontes de negócio.

Tenha um mapa de interações

Agora que você já tem um motivo e convidados definidos, é preciso olhar para o seu evento como alguém que busca facilitar conexões e criar as próprias novas conexões.

Organize uma lista com todos os convidados e construa as conexões que podem ser importantes, são pessoas que você enxerga valor numa conversa conjunta. Para evitar que cada um interaja com apenas as pessoas que já conhecem, você passa a ser um breve interlocutor dos convidados.

"Tenho alguém que acho que você vai gostar de conhecer, deixa eu te apresentar o Fulano". Apresente todos dizendo seus nomes, cargos e area de atuação.

O seu papel como organizador de um evento de networking vai além de aproveitar os próprios contatos, mas de mostrar para as pessoas o quanto você pode ajudá-las em suas dificuldades.

Defina um orçamento

Com todos os outros detalhes organizados, chegou a hora de pensar nas partes mais técnicas.

Um evento custa dinheiro e a previsão de quanto é interessante gastar vai de acordo o retorno que espera desse investimento.

Uma boa iniciativa é sentar com sua equipe de vendedores, apresentar quem serão os participantes e definir metas de vendas, mesmo que sejam alcançadas após o evento.

É claro que o evento é uma aposta e possui um valor que nem sempre é tangível, que vai além do retorno financeiro imediato, mas faz parte do papel do gestor atribuir parte desse retorno aos seus vendedores.

Escolha um modelo

De acordo com o clima que deseja atrubir ao evento, escolha o modelo ideal para a proposta deseja entregar aos convidados.

Para perfis menos formais, fechar um espaço de um pub pode ser interessante. Já no caso de eventos mais formais e que buscam algumas interações menos casuais, um salão de festas de um hotel ou um bom restaurante podem ser locais interessantes.

Existem também modelos com microfone aberto e um projetor, onde cada um pode expor suas ideias para os convidados e criar abertura para novos contatos. Outra prática comum também é adicionar alguma palestra central que funcione como uma faísca para o assunto temático do evento.

O modelo deve conversar diretamente com o perfil dos convidados. É importante não deixar ninguém constrangido, mas também não amarrar demais a interação.

O evento não acaba quando termina

Depois que o evento aconteceu, todas as pessoas interagiram e você conseguiu alguns contatos interessantes, é importante acompanhar quem foram as oportunidades de negócio e quais detalhes foram extraídos da conversa.

Adicione todos ao seu CRM e inicie o fluxo de vendas. Falar sobre o evento na hora da próxima abordagem é um excelente quebra-gelo.

Envie também questionários de qualidade para saber qual foi a impressão sobre o evento. Recolha também opiniões e sugestões de melhoria. Estes itens te ajudam a saber como o evento foi, melhorar o que não funcionou e fornece material para a promoção de uma nova edição.

--

Por mais que seja trabalhoso e exija dedicação organizar um evento de networking, os ganhos podem ir muito além de pagar uma boa quantidade de dinheiro para ir em eventos de terceiros buscar algum contato.

Além de ter acesso privilegiado e presença de autoridade para os convidados que sabem que você está organizando o evento, facilitando conversas e criando aberturas, ser reconhecido como alguém que cria oportunidades e favorece contatos alimenta o que realmente ajuda na hora do networking, criar relações menos superficiais do que uma simples troca de cartões de visita.

Se você ainda não possui um CRM para gerenciar seus contatos e acompanhar as oportunidades geradas em eventos, clique aqui e faça agora mesmo um teste grátis no Moskit.