Aprenda o melhor jeito de vender com práticas comuns

Aprenda o melhor jeito de vender com práticas comuns

Você que está em um cargo de gestão de vendas ou que é integrante de um equipe comercial acaba sempre sentindo falta de dicas sobre  vendas, sobre como entender e conquistar mercados, sobre melhores práticas para melhorar processos comerciais e ganhar maturidade em vendas.

Este blog tem uma série de dicas no que se refere a tudo isso, mas o que é realmente importante na hora de ser um Expert na área de vendas. Existe considerações fundamentais que, qualquer que seja a sua área comercial, você precisa levar em conta.

Olhe para a necessidade do seu cliente

A venda é sobre o cliente e não sobre você. Eu sei que parece clichê essa coisa de que atender pessoas conforme você quer ser atendido, mas acredito que precisamos ir além do que ficar repetindo isso como discurso.

Quando estamos comprometidos com resultados mais crescentes, acabamos investindo em realmente descobrir o que, afinal, o cliente precisa. E o melhor jeito de fazer isso é compilando dados e informações de comportamento e de mercado.

Na basta apenas ter uma boa educação no trato, simpatia nos gestos, mas é preciso entender melhor o que ele precisa. Você precisa resolver o problema dele como se fosse você buscando ajuda. De maneira honesta.

A maioria dos processos de vendas que estão sem inteligencia comercial, acabam realmente oferecendo realidades que clientes não precisam. Truques para fechar vendas a qualquer custo, sem o comprometimento em eliminar o problema do cliente, acabam trazendo mais resultados ruins a longo prazo.

Embora atendimento seja boa parte do processo de vendas, quando procuramos um médico, além de simpatia, estamos urgentemente procurando resolver a nossa dor.

As técnicas de venda não são nada sem organização mínima

Se você trabalha no mundo comercial, já deve ter passado por muitas dúvidas diante de novos desafios. Pode ter se sentido despreparado ou com falta de informações suficientes para realizar ma tarefa.

Pense na quantidade de vendas que já fez. Tenho certeza que mesmo nas bem-sucedidas, deve ter tido erros que você não queria ter cometido, mas no final das contas você conseguiu se sair bem.

Com isso, podemos aprender que mais do que ficar preso as técnicas, buscando métodos infalíveis de vender mais  ou  apegado a procedimentos impecáveis de etapas de vendas, você precisa realmente ser atencioso com as táticas e estratégias eficientes. A coisa mais importante é saber o que está fazendo e se preocupar com a entrega da sua mensagem ao cliente.

Isso não quer dizer que devemos abandonar meio de vendas já validados e conhecidos, mas encontrar maneiras eficazes de criar pontes de comunicação eficiente com o cliente. Não adianta ficar preso a  metodologias sem que haja organização e disciplina. Converse a mesma linguá que a do seu cliente.

Torne-se um especialista do seu produto e do seu cliente

Conhecer seu produto é um fator que faz o cliente confiar. Igualmente, se você se comporta de uma maneira empática ao que ele entende ser a necessidade dele, ganhou um ponto extra na venda.

Uma vez entrei em uma ótica procurando um  modelo específico de óculos e o vendedor não foi capaz de me dar uma resposta mostrando o seu despreparo. No entanto, este não é o problema, desde que ele se demonstre interessado em me ajudar a encontrar o que eu precisava.

Em alguns mercados mais técnicos é realmente complicado lembrar de todas as informações, mas é possível policiar-se para estar diante das novidades. Em mercados onde a  velocidade de informações do mercado é constante, é preciso estar sempre atualizando-se.

Neste sentido, o melhor jeito de conhecer o mercado e clientes é registrar tudo que acontece num sistema de fácil acesso.

Faça tudo  possível para torna-se o maior especialista em seu mercado, isso não quer dizer decorar especificidades, mas ser um consultor que o guiará para a segurança de que terá a informação mais completa e propícia para sua necessidade. Driblar a desconfiança e transmitir valor.

Perder vendas por razões bobas tem que nos ensinar

Todo vendedor já perdeu vendas sem saber direito o que aconteceu. Algumas vendas simplesmente não acontecem. Mais do que ficar lamentando-se é preciso rastrear possíveis razões pela qual a venda não foi finalizada com sucesso.

Entender as razões que um consultor perde vendas ajuda na hora de tentar combatê-las no futuro. Será os clientes estão entendendo sua linguagem? Será que estão no tempo de maturação correta? Será que seu produto não faz diferença para eles? Será que eles têm razões externas para não fechar com você? É o melhor momento para que eles possam comprar? Estou sendo claro e eficiente diante das dores deles?

Determinadas vendas podem não acontecer por falhas simples, mas a boa notícia é que algumas dessas razões são remediáveis e entendê-as pode realmente impactar positivamente nos resultados reais.

Diante dessa nova sondagem, temos duas opções: Estudar e criar planos de ação para amenizar essas pequenas questões com solução rápida ou simplesmente ignorar pequenos detalhes  que fazem a diferença e assumimos o risco de diminuir rendimento de vendas.

Nenhum processo de vendas pode andar na sorte. Nenhum fechamento de vendas pode ser uma mega-sena.  Nenhum vendedor deveria andar sozinho.

Quanto mais qualificada é sua análise de dados de perda, mais rápido aprende a lidar com este problema e mais você estará no caminho da evolução de resultados.

Seja um canal de vendas, mas principalmente, de confiança

Ao procurar  uma loja, um produto ou um serviço, estamos na verdade em busca de adquirir algo, mas também podemos estar ainda cheios de dúvidas a respeito de tudo.

Ser um canal de informação para seu cliente que dizer mais do que ser um panfleto ambulante, mas conquistar cada vez mais a confiança dele para que o esforço de vendas seja menor.

Fazer com que clientes confiem no que dizemos é a maior conquista. Existe um ideia de que vendedor é um enganador ou que é o profissional que aproveita da fraqueza para lucrar, quando quebramos este esteriótipo, conseguimos com que nossos clientes tenham vontade de nos procurar e ter a certeza que encontraram  um meio de obter respostas mais rapidamente.

Vendedor vende produtos e serviços, mas principalmente é um comerciante de ideias e credibilidade para seus clientes.

Tente manter um ritmo que seja viável para suas metas

Eu sei que há meses que vendemos mais do que imaginamos e existem outros que o mercado se comporta de maneira atípica. Assim como há períodos do mês que um time tem um gás extra para cumprir atividades no trabalho e dias em que todos estão com a cabeça desligada ou com uma velocidade de produção mais lenta.

Acredito que uma das maiores disciplinas de um vendedor é aprender a manter um ritmo. Perder de vista o ânimo durante determinado período faz toda diferença. Entrar num ciclo de vida em que o cansaço e o desânimo tomam conta do dia-dia pode fazer mal, assim como entrar num stress e alta produtividade sem necessidade pode ser prejudicial.

Faz parte da profissão de vendas estar numa montanha-russa de emoções. A questão é: Como encontrar uma maneira de reverter um estado psicológico negativo para uma atitude de consistência?

A pressão interna e externa, a concorrência, o comportamento do mercado, os negócios enroscados e “os nãos” precisam ser, de alguma maneira, absorvidos.

Se a coisa estiver pesada, não guarde para si. Seja capaz de pedir ajuda, de melhorar questões pessoais ou profissionais que possam estar atrapalhando seu desempenho. Apenas não diminua o ritmo.

Não estou falando sobre fingir que está tudo bem, mas de lembrar que vender mais também é melhorar sua rotina. Crie bons hábitos e não pare no meio do caminho.

Não dá para ganhar o mundo sozinho

Se você deseja entender mais do seu cliente para vender da maneira que ele precisa, se quer  melhorar sua comunicação e mensagem com ele, aprender o que é preciso para tornar-se um especialista no seu mercado, ter o conhecimento claro das razões de perda de vendas e aprender a interagir com a demanda dele conseguindo manter um ritmo, você precisa de auxílio da tecnologia.

Para conquistar tudo isso, faça um teste gratuito no Moskit CRM e descubra como mudar sua gestão comercial para melhor.